Idosa ficou sem fio de ouro em roubo por esticão

Passava na rua quando foi abordada por um jovem, que depois do assalto fugiu numa viatura com matrícula falsa. Vítima prescindiu de assistência hospitalar, apesar de ter um ferimento no pescoço.

Uma mulher de 79 anos foi vítima de roubo por esticão, esta quarta-feira, em Faro, tendo ficado sem um fio de ouro com medalha.

O caso ocorreu na Praça de São Tomé e Príncipe, naquela cidade, junto à sede da Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos do Concelho de Faro, quando a idosa foi "abordada por um indivíduo jovem, com cerca de 1,70 metros de altura e pele escura, que presume ser de etnia cigana", disse ao DN fonte do Comando Distrital da Polícia de Segurança Pública.

De acordo com uma testemunha, o suspeito deslocou-se rapidamente para um veículo estacionado na zona, onde as autoridades admitem que alguém estaria à sua espera. Acabaram por concluir que é falsa a matrícula exibida no carro, indicada por aquela testemunha. Já a idosa assaltada, apesar de ter sofrido um ferimento no pescoço, prescindiu de assistência no Hospital de Faro.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG