Homem detido por violação e roubo de turistas em Lisboa

O detido abordava as vítimas inesperadamente, "com bastante violência física e constrangia-as a deslocarem-se para locais mais recatados"

A Polícia Judiciária deteve um homem de 19 anos por suspeita de vários crimes de violação e roubo de mulheres estrangeiras, ocorridos na via pública, em Lisboa, entre o final de janeiro e a madrugada de terça-feira.

"O presumível autor é residente em Lisboa e conhecedor dos locais da cidade onde durante o período da noite e madrugada é frequente a circulação apeada de mulheres, quase sempre a caminho das suas residências ou dos seus locais de pernoita", esclareceu a PJ, numa nota.

O detido abordava as vítimas inesperadamente, "com bastante violência física, e constrangia-as a deslocarem-se para locais mais recatados, onde as vinha a agredir sexualmente, subtraindo-lhe, igualmente, quantias monetárias e objetos de valor, como telemóveis, que tivessem na sua posse".

A PJ identificou até agora três vítimas, todas cidadãs estrangeiras, com idades entre os 20 e os 30 anos, que se encontravam em Portugal de férias ou em atividades escolares.

No entanto, a PJ está a investigar a possibilidade de existirem outros crimes semelhantes cometidos pelo alegado autor.

O detido foi ouvido em primeiro interrogatório judicial na quarta-feira e ficou em prisão preventiva.

Exclusivos

Premium

Liderança

Jill Ader: "As mulheres são mais propensas a minimizarem-se"

Jill Ader é a nova chairwoman da Egon Zehnder, a primeira mulher no cargo e a única numa grande empresa de busca de talentos e recursos. Tem, por isso, um ponto de vista extraordinário sobre o mundo - líderes, negócios, política e mulheres. Esteve em Portugal para um evento da companhia. E mostrou-o.