Homem de 82 anos morre carbonizado

Um homem de 82 anos morreu carbonizado, na quarta-feira, na sequência de um incêndio na habitação onde vivia sozinho, na aldeia de Peredo, no concelho de Macedo de Cavaleiros, Distrito de Bragança, informou hoje fonte dos bombeiros locais.

A vítima foi encontrada pela filha, que deu o alerta por volta das 18:15, segundo adiantou à agência Lusa o comandante da corporação de Macedo de Cavaleiros, João Venceslau.

Citada pela fonte, a filha relatou que costumava visitar o pai todos os dias e que, na quarta-feira, quando chegou à habitação, a cozinha e o quarto da estavam tomados pelas chamas e o idoso encontrava-se já sem vida.

O comandante dos bombeiros precisou que apenas as duas divisões foram afetadas pelas chamas.

As autoridades suspeitam que o sinistro terá tido origem num curto-circuito na televisão da cozinha que, por sua vez, terá provocado uma explosão de gás, acrescentou.

O caso está a ser investigado pela Polícia Judiciária e a vítima foi encaminhada para o Instituto de Medicina Legal de Bragança, onde irá ser feita a autópsia.

Os bombeiros deslocaram para o local do fogo 16 elementos e quatro viaturas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG