"Hackers" divulgam contatos de procuradores do MP

Alvo foi a página da Procuradoria Geral Distrital de Lisboa. Lista com números de telemóvel e emails começou a circular na Internet.

O grupo de piratas informáticos lançou, esta sexta-feira, um ataque à página na internet da Procuradoria Geral Distrital de Lisboa. O grupo, que segundo o site Tugaleaks, pertence a um grupo de "Anonymous" não só acedeu às publicações na página, como recolheu informação com nomes, números de telemóvel e emails de muitos procuradores do Ministério Público que estão na esfera da PGDL.

Na lista, que já se encontra a circular na Internet, podem-se encontrar contatos de vários magistrados, por exexmplo, do Departamento de Investigação e Acção Penal de Lisboa (DIAP), assim como de outros magistrados que trabalhos noutras comarcas de Lisboa. Contactado pelo DN, o procurador Boaventura Marques da Costa, responsável pela página da PGDL, adiantou que "já está tudo a ser desativado".

Segundo o Tugaleaks, o mesmo grupo conseguiu alterar ainda a página do SIMP, o sistema interno de informação do Ministério Público.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG