Grupo perdido no Gerês já foi encontrado

Seis pessoas estão a receber assistência médica

Já foram localizadas as seis pessoas que estavam em dificuldades no Parque da Peneda-Gerês. Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS), as seis pessoas estão a receber assistência médica.

O grupo foi localizado pelos bombeiros e pelo INEM num abrigo às 17:35, e nenhuma pessoa está em risco de vida, segundo o CDOS.

Quatro pessoas estavam em risco de hipotermia por causa das condições climatéricas adversas, e estão a ser estabilizadas para serem transportadas de ambulância para o hospital.

Num momento inicial o CDOS de Vila Real informou estarem perdidas duas pessoas nas Minas dos Carris mas, pelas 15:00, divulgou que a esse primeiro grupo, que afinal era de três pessoas, juntou-se um segundo, com outras três.

Duas corporações de bombeiros foram acionadas para resgatar os dois grupos, que acabaram por se juntar no mesmo abrigo do Parque Nacional da Peneda-Gerês, mas pelas 15:00 ainda não tinham conseguido chegar ao local.

O alerta inicial terá sido dado pelos próprios pelas 13:20, momento a partir do qual o Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) acionou os Bombeiros Voluntários de Salto, no concelho de Montalegre, distrito de Vila Real, e os Bombeiros Voluntários de Terras de Bouro, no distrito de Braga.

A zona é de difícil acesso e requer bastantes cuidados

Segundo a página da Junta de Freguesia de Cabril, em Montalegre, as "Minas dos Carris encontram-se a uma altitude aproximada de 1508 metros e o complexo mineiro é composto atualmente por uma série de ruínas nas quais é possível rever a história da exploração do volfrâmio em Portugal".

"Por se localizarem numa zona protegida, a sua visita requer sempre um especial cuidado com o frágil ambiente envolvente. O acesso tem de ser feito obrigatoriamente a pé e necessita de um cuidado prévio especial a nível de preparação", acrescenta a mesma página.

[Notícia atualizada às 18:10]

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG