Há 23 500 sistemas de câmaras a vigiar o País

Portugal tem 23 500 sistemas de videovigilância instalados em cafés, fábricas, bancos e outros locais, autorizados pela Comissão Nacional de Protecção de Dados

O País tem 23 500 sistemas de videovigilância que funcionam como "olhos" em cima do cidadão e que estão fora do âmbito da utilização estrita pelas forças de segurança. O Big Brother português, autorizado pela Comissão Nacional de Protecção de Dados (CNPD), estende-se a cafés, bancos, bares, discotecas, cabeleireiros, condomínios, lojas, empresas de serviços, equipamentos culturais, autarquias, fábricas, armazéns, serviços públicos, ministérios, entre tantos outros. São mais de 23 500 autorizações concedidas pela CNPD que tem, entretanto, outros processos em apreciação, apurou o DN com fonte da Comissão Nacional de Protecção de Dados.

Leia mais no e-paper do DN.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG