ONU. Guterres continua à frente mas agora com dois votos contra

António Guterres voltou a ser hoje o candidato com melhor resultado nas votações indicativas para secretário-geral da ONU

O antigo primeiro-ministro terá obtido onze votos de "encorajamento", dois de "desencorajamento" e e dois de "não opinião".

Na primeira votação, em 21 de julho, Guterres obteve 12 votos de "encorajamento", zero de "desencorajamento" e três de "não opinião". A seguir, nessa votação, ficaram Danilo Turk (Eslovénia), Irina Bokova (Bulgária), Vuk Jeremic (Sérvia) e Helen Clark (Nova Zelândia).

A votação foi secreta entre os 15 países com assento no Conselho de Segurança, estando onze candidatos em confronto.

Informações provenientes das Nações Unidas em Nova Iorque e divulgadas pelo Twitter, dizem que a seguir na votação de hoje ficou o sérvio Juk Jeremic (Sérvia). A seguir Susana Malcorra (Argentina), Danilo Turk (Eslovénia), Irina Bukova (Bulgária), Helen Clark (Nova Zelândia) e Christina Figueres (Costa Rica).

Mais Notícias