Guardas prisionais convocam 40 dias de greve

O Sindicato Independente do Corpo da Guarda Prisional decidiu, hoje, marcar dois períodos de 20 dias de greve nas cadeias. Segurança pode estar em causa

O Sindicato Independente do Corpo da Guarda Prisional (SICGP) decidiu, hoje numa reunião de direcção, convocar dois períodos de 20 dias de greve nas cadeias. O primeiro, segundo apurou o DN, decorrerá entre 21 de Maio e 9 de Junho, enquanto o segundo foi agendado entre os dias 23 de Julho e 11 de Agosto.

A decisão foi votada por unanimidade. O SICGP reinvindica a aprovação do novo estatuto profissional e remuneratório dos guardas prisionais, critica o corte nas remunerações por horas extra de trabalho, apontando também a falta de efetivos no corpo da guarda prisional e a ausência de uma optimização de recursos.

Tendo em conta os longos períodos decretados para a greve, a segurança nas cadeias pode estar em causa

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG