Grupo de indignados queria parar porto de Lisboa

0s manifestantes em frente ao Porto de Lisboa, em Alcântara, começam a dispersar ao mesmo tempo que a PSP recolheu uma das três carrinhas com elementos das equipas de intervenção.

A manifestação foi convocada através de um blog na internet (bloqueioportolx.wordpress.com) na quarta feira, o que poderá ter levado a administração do Porto de Lisboa a antecipar as cargas e descargas para a noite. Segundo um estivador, trabalharam na noite de sexta para sábado o que não tem sido habitual.

Segundo disse um elemento desta manifestação ao DN, hoje de manhã já sabiam que o porto estava parado mas mantiveram a ação de protesto como ato simbólico.

"No dia 19 de outubro vamos bloquear o terminal de Alcântara do Porto de Lisboa, após a concentração da CGTP às 15.00, em Alcântara. Vamos apoiar a greve em curso dos estivadores" diz o comunicado. Escolheram este Porto por "ser uma plataforma comercial de dimensão internacional, europeia e atlântica, e um dos mais evidentes da campanha de desvalorização do trabalho e também da resistência que a ela se opõe. Esta luta, a nossa luta, é internacional".

Acrescenta que estes protestos são "uma escalada na luta, que deverá continuar ate 26 de outubro na manifestação do Que se Lixe a Troika. Vem para a rua. "Traz as tuas capacidades, as tuas dúvidas, a tua revolta. Vamos transformar a rua numa força em comunicação com todas as lutas, do trabalho ao desemprego, das pensões a miséria", defendem.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG