09 novembro 2010 às 01h00

Governo nega dívida de 76 milhões