GNR identifica suspeito de fogo na Serra da Estrela

A GNR identificou um homem de 51 anos suspeito da autoria do incêndio florestal que eclodiu na segunda-feira na zona de Corujeira, Guarda, disse hoje à agência Lusa fonte daquela instituição.

Segundo fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda, o homem, que é residente na aldeia de Corujeira, terá provocado o incêndio "motivado por questões de vingança contra os irmãos e por heranças familiares".

O incêndio começou junto da casa do suspeito "e ardeu tudo menos a parte dele", contou.

O homem foi identificado pela GNR que depois deu conhecimento à Polícia Judiciária da Guarda que iniciou a investigação, referiu.

A fonte da GNR da Guarda estima que as chamas tenham destruído "entre 60 a 80 hectares" de área do Parque Natural da Serra da Estrela.

O incêndio florestal, que teve início às 14.07 e foi dominado cerca das 20.00, foi combatido por 140 operacionais, 41 veículos e dois aviões bombardeiros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG