GNR faz operação nacional de controlo de velocidade

Uma operação de controlo de velocidade vai realizar-se nas principais estradas nacionais a partir da meia-noite de hoje e durante 24 horas, recorrendo a 46 radares fixos e móveis, anunciou a GNR.

Na operação de caráter preventivo, os automobilistas serão alertados para o controlo de velocidade através dos painéis fixos das autoestradas e estradas nacionais e por outros, móveis, que a GNR irá colocar nas zonas fiscalizadas.

A verificação da velocidade irá incidir particularmente sobre os troços onde se registam mais acidentes e envolverá um total de 439 elementos da Guarda Republicana, indica um comunicado emitido por esta força policial.

A velocidade excessiva surge nas estatísticas como a principal causa de morte identificada de condutores. No ano passado esteve na origem da morte de 66 automobilistas e em 2010 de 82, de acordo com dados reunidos pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária no relatório de 2011.

As autoridades classificam como velocidade excessiva a situação em que uma viatura, mesmo circulando dentro do limite previsto, não consegue parar a tempo de evitar um acidente.

O excesso de velocidade ocorre quando a circulação é feita acima dos limites estabelecidos na lei. Dentro das localidades o máximo permitido são 50 quilómetros por hora, nas estradas nacionais 90 e nas autoestradas 120, salvo quando exista sinalização que altere esses valores.

Exclusivos