Freguesias pedem a Cavaco para chumbar reforma

O presidente da Associação Nacional de Freguesias (Anafre), pediu hoje ao Presidente da República que promova, recorrendo à sua "magistratura de influência", a suspensão da aplicação da lei da Reorganização Administrativa do Território das Freguesias.

"Desejo que o Presidente da República possa, no mínimo, com a sua magistratura de influência, promover a suspensão da aplicação desta lei, aproveitando para aperfeiçoar o modelo, e aproveitando o debate já decorrido para corrigir os erros já encontrados", disse o presidente da Anafre, Armando Vieira, durante uma manifestação organizada pela associação em frente ao Palácio de Belém, a residência oficial do Presidente da República.

A concentração, convocada pela Associação Nacional de Freguesias começou por volta das 14:00 com o objetivo de protestar contra o atual projeto de lei da Reorganização Administrativa do Território das Freguesias, que agrega 1.160 daqueles órgãos.

Representando apenas 0,1% do Orçamento de Estado, as freguesias apelam a Cavaco Silva para vetar o projeto de lei número 320/XII/2ª -- Reorganização Administrativa do Território das Freguesias, "de modo a permitir um debate e reflexão livres sobre a temática e não uma reforma imposta".

Hoje, o presidente da Anafre voltou a sublinhar que não é contra a reforma, é apenas contra "este modelo".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG