Forte adesão entope linha de apoio e resposta electrónica

A linha de apoio do Instituto Nacional de Estatística (INE) aos censos 2011 registou 60.000 chamadas até sexta-feira, pelo que foi alargada ao fim-de-semana, registando oito mil chamadas naqueles dois dias, disse hoje à agência Lusa fonte do INE.

"Estamos a atender com uma equipa vasta, mas a adesão das pessoas foi impressionante", afirmou a mesma fonte, lembrando que hoje é apenas o dia que marca o momento censitário e o início do período de respostas pela Internet. As respostas aos questionários podem ser enviadas pela Internet até 10 de Abril e em papel até 24 Abril. Além de colocarem dúvidas sobre a informação que devem prestar, seja porque estão a residir numa casa diferente da habitual ou outro motivo, os portugueses começaram há dias a ligar "em massa" a dizer que querem responder pela Internet.

"As pessoas começaram logo a ligar. Hoje é só o primeiro dia, mas há três semanas para responder pela Internet", acrescentou a mesma fonte quando questionada sobre o congestionamento da linha e dificuldades em aceder à aplicação de resposta electrónica. A adesão é descrita pelo INE como "incrível" e levou ao alargamento da linha ao fim-de-semana, quando inicialmente funcionaria apenas durante a semana, entre as 08:00 e as 22:00, horário que se mantém. A grande maioria das informações que estão ser colocadas por telefone podem ser esclarecidas no portal dos Censos 2011, criado no sítio de Internet do INE, indicou a fonte, embora reconhecendo que o excesso de utilizadores torna o serviço mais lento em determinadas alturas.

"Temos informações que hoje está um pouco mais lento, mas é o pior dia, porque é o momento censitário. As pessoas querem responder hoje, mas não tem de ser hoje. A resposta tem é de ter por referência a situação no dia 21 de Março", explicou. A linha 800 22 2011 está a ser assegurada por cerca de 40 elementos. O INE frisa que há ainda um prazo alargado para responder ao inquérito que visa fazer um recenseamento geral da população e da habitação. Segundo o instituto, a adesão aos censos superou "todas as expectativas".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG