Fogos no Parque do Gerês junto à vila estão controlados

Ainda existem focos activos junto à barragem da Caniçada.

O governador civil de Braga referiu hoje que o incêndio que lavra na serra do Gerês, numa encosta sobranceira à vila termal, está globalmente controlado, embora com focos activos junto à barragem da Caniçada.

Fernando Moniz frisou, em declarações à Lusa, que os bombeiros e as equipas especializadas do Parque Nacional da Peneda-Gerês, da GNR e da Câmara Municipal continuam na zona, a controlar os focos de incêndio que ainda persistem, nomeadamente na zona da Calcedónia junto às margens da barragem da Caniçada.

O representante do Governo no distrito sublinhou que o combate às chamas neste incêndio e num outro, alguns quilómetros a norte na zona da barragem de Vilarinho das Furnas, foi prejudicado dado que a acumulação de fumo impediu a actuação de meios aéreos, nomeadamente até ao final da manhã de hoje.

Disse que as diversas equipas de bombeiros - num total de 140 homens - conseguiram suster as chamas já durante a madrugada, estando agora a realizar acções de consolidação para evitar que haja reacendimentos e respectiva propagação do fogo.

'É esse trabalho que vai continuar durante o dia de hoje e de amanhã', afirmou, assinalando que, como calor que se faz sentir a possibilidade de reacendimentos aumenta.

O governador civil, que se encontra há quase 40 horas seguidas no Vidoeiro, numa estrutura do Parque Nacional onde está montado o comando das operações, lembrou que o fogo começou de repente na encosta da serra, tendo-se dirigido, em poucos minutos, para a vila termal do Gerês.

"A situação está globalmente controlada e de uma forma surpreende pois quem esteve ontem aqui viu um enorme e complexo incêndio que pôs em perigo várias casas, parques de campismo, e mesmo residenciais e restaurantes que dão vida ao turismo desta zona e desta região', acentuou.

Fernando Moniz disse que o ataque ao sinistro foi feito com o objectivo de salvar pessoas, protegendo as suas vidas e bens, sem esquecer a segurança dos bombeiros que actuam no local.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG