Fogos fazem 8 desalojados na Marinha Grande e Foz Coa

Dois incêndios hoje, em moradias na Ordem, concelho da Marinha Grande (Leiria), e em Vila Nova de Foz Coa (Guarda), deixaram os edifícios "sem condições de habitabilidade", provocando o desalojamento de oito pessoas.

Na Ordem, localidade da periferia da Marinha Grande, as chamas, que deflagraram pelas 11:26 e cujas causas ainda não foram determinadas, destruíram quase por completo a casa, deixando desalojadas sete pessoas, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Leiria.

Os sete desalojados, que são membros da mesma família - um casal jovem com dois filhos (um bebé e uma criança com cinco anos de idade) e três irmãos menores do homem, que estão à sua guarda -, ficarão provisoriamente realojados em casas de diversos familiares, revelou à agência Lusa o vereador responsável pela ação social da Câmara da Marinha Grande, Vítor Pereira.

"Na segunda-feira [dia 23 de dezembro] teremos uma reunião com o casal para tentarmos encontrar uma solução para o seu realojamento e dos seus filhos" e, por outro lado, para "procurarmos forma de lhes garantir algum apoio social", adiantou o autarca, salientando que o homem está desempregado.

A situação dos três irmãos menores "foi encaminhada para a Segurança Social", acrescentou o autarca.

Além de ter ficado sem casa, a família também perdeu todo o recheio que foi totalmente destruído pelas chamas, salientou Vítor Pereira, referindo que as chamas deflagraram durante a manhã, numa altura em que "não estava ninguém em casa".

"O alerta foi dado, pelas 11:26, quando o fogo já lavrava com intensidade e os vizinhos se aperceberam das chamas", sublinhou o vereador.

Para o local foram mobilizados meios da PSP e dos Bombeiros Voluntários da Marinha Grande.

Um outro incêndio, também durante a manhã de hoje, numa habitação em Vila Nova de Foz Coa, no distrito da Guarda, destruiu parcialmente o edifício, provocando o desalojamento de uma pessoa, disse à Lusa, fonte do CDOS da Guarda.

O desalojado e único residente na casa atingida pelas chamas foi realojado por familiares, adiantou a mesma fonte.

Exclusivos