Fogo no Parque Natural do Douro Internacional dominado

O incêndio que lavra desde o princípio da tarde em Figueira de Castelo Rodrigo, em território do Parque Natural do Douro Internacional, encontra-se dominado desde as 23:00.

Segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), o incêndio chegou a ter duas frentes ativas, combatidas por 60 bombeiros, 18 veículos operacionais, dois aviões bombardeiros pesados Canadair e dois helicópteros bombardeiros espanhóis.

Segundo o subchefe dos Bombeiros Voluntários de Figueira de Castelo Rodrigo, António Pereira, o incêndio começou na freguesia de Vilar de Amargo e estendeu-se pelas freguesias adjacentes de Figueira de Castelo Rodrigo, Escalhão -- que está sem telefone, apurou a Lusa - e Mata de Lobos, tendo as autoridades chegado a cortar a Estrada Nacional 221.

António Pereira disse ainda à Lusa que "algumas casas estiveram em perigo", tendo ardido parte de uma vinha.

A agência Lusa apurou junto de populares donos de propriedades que, para além de uma extensa área de mato ardida, pelo menos 50 hectares de sobreiros foram destruídos pelas chamas.

Em Figueira de Castelo Rodrigo, este foi o primeiro grande incêndio do ano, o que comprova a teoria da população de que a época de fogos começa, tradicional e misteriosamente, sempre a partir da feira de ano, que se realizou precisamente hoje, dia 19 de Agosto.

Ainda segundo a ANPC, estão neste momento apenas cinco incêndios em curso no país, estando os mais significativos das últimas horas todos dominados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG