Fogo de Mogadouro dominado às 10.00

O incêndio que desde terça-feira lavra no distrito de Bragança foi dado como dominado em todo o perímetro às 10.00. No terreno estão mais de 700 homens apoiados por cinco meios aéreos, dois deles espanhóis.

De acordo com a informação avançada pela Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), o combate ao incêndio que ao início da manhã lavrava com quatro frentes activas decorreu favoravelmente e acabou por ser dominado.

No terreno estão 724 homens, 169 veículos, 24 outras viaturas de apoio ao rescaldo e cinco meios aéreos, incluindo dois Aviões Bombardeiros espanhóis que se juntaram às forças portuguesas às 8.23.

O incêndio deflagrou na passada terça-feira na localidade de Ferradosa, concelho de Alfândega da Fé. A irregularidade do terreno e a vasta vegetação facilitaram a propagação das chamas aos concelhos vizinhos de Mogadouro e Torre de Moncorvo.

No apoio às populações estiveram também quatro pelotões militares. O presidente da Junta de Carviçais, Torre de Moncorvo, disse à Lusa que, durante a madrugada de hoje, se viveram "momentos de pânico" na localidade.

"Vivemos uma situação muito complicada, já que o incêndio lavrava em várias frentes, tendo chegado mesmo a ameaçar um armazém de produtos para a construção civil e combustíveis, um restaurante e uma unidade de turismo rural", disse José Teixeira à agência Lusa.

A aldeia esteve "praticamente cercada pelo fogo", disse o autarca, reconhecendo que "há bombeiros de várias zonas do país [envolvidos no combate às chamadas] que não conhecem os acessos, o que dificulta a ação no terreno".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG