Financiamento: Cavaco diz que só veta diplomas com "razões muito fortes"

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, assegurou hoje que nunca veta um diploma "sem estar absolutamente seguro" de que existem "razões muito fortes" para exercer esse direito do chefe de Estado.

Interrogado sobre a sua decisão de vetar a nova lei do financiamento dos partidos e das campanhas eleitorais, Cavaco Silva não quis pormenorizar a matéria, mas assegurou que só devolve diplomas quando está seguro que existem razões muito fortes para o fazer.

"Eu nunca exerço um veto sem estar absolutamente seguro de que tenho razões muito fortes para exercer esse direito do Presidente da República, foi o que fiz agora", sublinhou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG