Finanças penhoraram secretário de Estado

Francisco José Viegas foi notificado, a 24 de Junho, de uma penhora de 41.863 mil euros.

O novo secretário de Estado da Cultura, o escritor Francisco José Viegas, foi alvo de uma penhora de 41,863 mil euros pelas Finanças de Cascais. Francisco José Viegas foi notificado a 24 de Junho da penhora, tendo 30 dias para regularizar a situação.

Contactado pelo DN, o gabinete do secretário de Estado esclareceu: "Existe uma reclamação por parte do Dr. Francisco José Viegas, referente ao critério utilizado para o apuramento da matéria colectável relativa ao IRS de 2007. Independentemente do resultado da contestação em curso, a administração fiscal avançou, como é aliás de Lei, sem suspender os seus prazos de execução. Francisco José Viegas aguardará a resposta à contestação para, em função da decisão, cumprir com todos os compromissos que venham a ser efectivamente determinados".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG