Felipe VI diz que houve "inteligência" na transformação do Porto

Felipe VI destacou, ainda, o "auge do turismo", para o qual contribuiu "sem dúvida a magnífica reabilitação do centro histórico portuense"

No seu discurso na Câmara Municipal do Porto, o rei de Espanha, Felipe VI, mostrou "reconhecimento e admiração pela transformação impressionante que o Porto viveu nos últimos anos", uma "transformação em que houve a inteligência para saber combinar o ritmo dos tempos e para assumir plenamente a modernidade, com respeito pela história e tradição".

Um dos elementos centrais que contribuiu para essa mudança foi, segundo o monarca, a "pujança da Universidade do Porto e do seu Parque da Ciência e Tecnologia".

Felipe VI destacou, ainda, o "auge do turismo", para o qual contribuiu "sem dúvida a magnífica reabilitação do centro histórico portuense" e o "vinho do Porto, Património mundial da UNESCO".

Os reis de Espanha seguiram para a Fundação de Serralves, onde apenas permaneceram durante 20 minutos, quando a visita deveria ter demorado 45 minutos. Felipe VI e Letizia seguiram para a Casa do Roseiral. onde almoçam com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Exclusivos

Premium

Livro

Antes delas... ninguém: mulheres que desafiaram o domínio masculino

As Primeiras - Pioneiras Portuguesas num Mundo de Homens é o livro com as biografias de 59 mulheres que se atreveram a entrar nas profissões só de homens. O DN desvenda-lhe aqui oito dessas histórias, da barrista Rosa Ramalho à calceteira Lurdes Baptista ou às 'Seis Marias' enfermeiras-paraqueditas, entre outras