Enfermeiros por 1200 euros em setembro

Resposta do Ministério da Saúde a uma pergunta do grupo parlamentar do PS não define limite de contratações, quando se previam apenas 750 vagas. Concurso deverá ainda ser aberto a todos os enfermeiros que desejarem.

O Ministério da Saúde deverá abrir o concurso para contratação de enfermeiros por 1200 euros mensais já em setembro, um valor que já estava previsto no âmbito das negociações com os sindicatos.

Um concurso "a título excecional", que irá abranger centros de saúde e hospitais, e que permitirá resolver "as carência detectadas" nas unidades. Este concurso está a ser alvo de negociação com os sindicatos, prevendo-se nova reunião em Setembro, mas ao contrário do que tinha sido anunciado, este concurso deverá ser aberto a todos os que cumpram os requisitos da carreira de enfermagem, e não apenas aos que tinham vínculo precário à função pública, como já havia sido falado. Esta informação consta de uma resposta do ministério a uma pergunta colocada pelo PS, revela o Diário Económico, e que envolvia o pagamento de 3,96 euros/hora aos enfermeiros a trabalhar através de empresas.

E a prioridade será dada aos enfermeiros que já têm um contrato por tempo indeterminado.

Guadalupe Simões, do Sindicato dos Enfermeiros Portuguesas, congratula-se com a realização deste concurso que "deverá avançar já em Setembro". Mas refere que "não tinha ficado estabelecido que seria aberto a todos os profissionais de enfermagem. De qualquer forma, estes temas serão debatidos na próxima reunião".

De qualquer forma, estava inicialmente previsto que o concurso abrangesse 750 profissionais em todo o País, embora a resposta do Ministério não refira, agora, um limite para este concurso a realizar.

Quanto ao valor proposto por mês, de 8,5 euros à hora ou 1200 euros por mês, Guadalupe Simões é clara. "É o valor que se paga habitualmente pela entrada na carreira e é natural que seja esse valor que vá a concurso".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG