Enfermeiros não se vão juntar a greve dos médicos

Ouvido pela TSF, Roque da Cunha mostrou-se solidário com todos os profissionais de afetados pelas políticas do Governo. Mas o presidente do Sindicato Independente dos Médicos afastou, para já, a hipótese de uma greve conjunta de enfermeiros e médicos.

Roque da Cunha admitiu à TSF que há enfermeiros a ganhar "ordenados perto do indigente", mas o presidente do Sindicato Independente dos Médicos garantiu que os clínicos "não querem fazer greve por sistema".

Afastando a hipótese de uma ação conjunta de médicos e enfermeiros, Roque da Cunha garantiu ainda: "Questões políticas mais gerais, do nosso ponto de vista, neste momento não fazem qualquer sentido. Têm a nossa solidariedade mas os médicos não gostam de fazer greve e não querem fazer greve por sistema".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG