Embarcação naufragada na Costa da Caparica transportava cinco pescadores

A Marinha esclareceu hoje que a embarcação que naufragou na sexta-feira junto à Costa da Caparica, concelho de Almada, transportava apenas cinco e não dez tripulantes e que um deles continua desaparecido.

Em declarações à agência Lusa, fonte oficial da Marinha informou que, ao contrário dos dados anteriormente divulgados pelo Comando Nacional de Operações de Socorro da Proteção Civil, eram apenas cinco e não dez os pescadores que iam a bordo e que as buscas para localizar o tripulante desaparecido prosseguiam ao início da madrugada.

A mesma fonte disse que, dos quatro pescadores a salvo, dois nadaram para terra e os outros foram resgatados por outras embarcações de arte xávega que se encontravam a operar no local.

Foram acionados para as buscas um helicóptero da Força Aérea, uma lancha da Marinha, uma lancha do Instituto de Socorros a Náufragos e uma outra da Polícia Marítima, além de uma moto de água do concessionário da praia da Fonte da Telha e outras embarcações de pesca.

O naufrágio tinha sido comunicado à Lusa na sexta-feira à noite pelo Comando Nacional de Operações de Socorro da Proteção Civil, dando conta que este ocorrera perto da praia da Fonte da Telha, às 22:22.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG