Eleição na Ordem mantêm-se no dia 29 de novembro

O bastonário Marinho e Pinto voltou atrás e manteve para 29 de novembro as eleições para os órgãos da OA. Só para o Conselho de Deontologia da Madeira é que será marcada nova data.

Nesta terça feira, ao final do dia, Marinho e Pinto tinha garantido ao DN que iria marcar uma nova data para as eleições devido ao atraso da delegação da Madeira na entrega de candidaturas. Porém, menos de 24 horas depois, e novamente em declaração ao DN, invoca o Estatuto (EOA) para explicar que este apenas prevê o adiamento da votação relativamente aos órgãos que não respeitaram o prazo, não em relação aos restantes.

"O Conselho Geral decide manter a data indicada no n.º 1 do despacho proferido em 20 de junho de 2013, ou seja, o dia 29 de novembro de 2013, para a realização das eleições para os diversos órgãos da Ordem dos Advogados, com exceção do Conselho de Deontologia da Madeira", pode ler-se no site da OA. Para este, Marinho marcou a data de 10 de janeiro de 2014.

Os candidatos a bastonário, Vasco Marques Correia e Jorge Neto já manifestaram, em declarações ao DN, 'repúdio' face a este alegado adiamento, dizendo que o EOA não previa essa obrigatoriedade.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG