Duarte Lima garante ter deixado Rosalina perto do hotel

Ex-deputado é suspeito do homicídio de Rosalina Ribeiro e está a ser ouvido no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa no seguimento de uma carta rogatória enviada pela justiça brasileira.

Duarte Lima confirmou esta quinta-feira ao juiz de Instrução Criminal que recebeu cerca de seis milhões de euros para pagamento de honorários da parte de Rosalina Ribeiro.

O ex-deputado está a responder às 46 perguntas enviadas pelo Tribunal de Saquarema (Brasil) onde corre o processo de investigação ao homicídio de Rosalina, em dezembro de 2009.

Duarte Lima já começou a responder às questões, tendo admitido encontros com a sua cliente em Maricá, mas garantiu que na noite em que apareceu morta a deixou a 200 metros do hotel com uma mulher que se chamará Giselle. Frisou ainda nunca mais ter visto Rosalina.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG