Dois argelinos fugiram a nado de navio atracado no rio Tejo

Dois homens tentavam entrar ilegalmente em Portugal. Estão a ser procurados pela polícia

Dois argelinos que tentavam entrar em Portugal de forma ilegal terão conseguido fugir a nado de um navio-tanque aportado no rio Tejo, no terminal da Quimipor, no Barreiro. A notícia é avançada este domingo pelo Correio da Manhã: os dois homens, Jaloul Bensmail, de 44 anos, e Samir Miloudi, de 45, terão embarcado ilegalmente no navio Queen Isabella, que saiu do porto de Arzew, na Argélia, rumo a Portugal.

Os dois foram detetados pela tripulação do navio-tanque, que transportava gás, e foram detidos na enfermaria até à chegada em Portugal. As autoridades portuguesas foram informadas e os argelinos deveriam regressar ao país de origem logo que o navio aportasse. Porém, durante a descarga do gás, os dois homens conseguiram partir as janelas do compartimento em que se encontravam retidos e saltaram para o rio Tejo, tendo fugido a nado, escreve o CM.

Os dois argelinos foram identificados pela tripulação do navio, que entretanto regressou à Argélia, e estão agora a ser procurados pelas autoridades policiais.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG