Director-geral desmente versão de Rui Pereira

Ministro garantiu no Parlamento que Paulo Machado enganou a tutela em relação às notificações aos eleitores.

Rui Pereira e a sua secretária de Estado foram ontem à Assembleia da República acusar o director-geral da Administração Interna, agora demitido, de ter deliberadamente "enganado" a tutela em relação ao envio das notificações aos eleitores com novos cartões de cidadão, para as eleições presidenciais de 23 de Janeiro. Confrontado com as acusações, Paulo Machado disse ao DN: "Não subscrevo o que foi dito."

Leia mais pormenores no e-paper do DN.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG