Detido suspeito de contrafacção e burla informática

A Polícia Judiciária (PJ) deteve em flagrante delito um cidadão africano pela alegada prática de crimes de contrafacção de cartões de crédito e débito, burla informática e falsificação de documento de identificação, divulgou hoje a polícia.

Após a detenção do suspeito, ocorrida em Oeiras, foram recuperados alguns dos bens de luxo adquiridos fraudulentamente, num valor de superior a dez mil euros.

A investigação teve a colaboração da Paywatch, serviços de detecção de fraudes bancárias, e decorreu na sequência de aquisição fraudulenta de diversos bens e serviços, na zona da Grande Lisboa e concelhos limítrofes, mediante o uso de cartões de crédito e bilhete de identidade contrafeitos.

O detido, de 23 anos, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coacção tidas por adequadas.

A Operação Recuperação foi conduzida pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) da PJ.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG