Detido segundo presumível autor dos disparos

O segundo presumível autor dos disparos contra quatro militares da GNR foi detido esta madrugada, disse à agência Lusa fonte da GNR.

Quatro militares da GNR ficaram feridos, esta noite, depois terem sido alvejados por dois homens que se colocaram em fuga, em São Miguel de Acha, Idanha-a-Nova.

Ao início da madrugada foi detido um dos presumíveis autores dos disparos, tendo sido agora detido um segundo que se encontrava a monte.

O incidente terá acontecido quando uma patrulha da GNR se deslocou ao local de uma colisão entre dois automóveis.

Quando os militares chegaram houve uma troca de palavras com outras pessoas no local, que começaram a disparar sobre os elementos da GNR.

De acordo com o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco, o alerta foi dado pelas 21:47 e foram deslocadas para o local três ambulâncias e uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER).

Um dos militares alvejados foi transferido para o hospital de Coimbra por precaução devido a estilhaços num olho, enquanto pelo menos outros dois foram transportados para o Hospital Amato Lusitano, em Castelo Branco.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG