Crato quer adaptar sistema de ensino alemão a Portugal

O ministro da Educação, Nuno Crato, afirmou hoje que não pretende "importar" o sistema de ensino dual em vigor na Alemanha, mas sim adaptar algumas das suas características ao sistema português.

Durante uma conferência dedicada ao ensino e formação técnico-profissional, convocada pela ministra alemã da Educação, Annette Schavan, que decorre em Berlim, Nuno Crato afirmou que pretende introduzir em Portugal um sistema dual semelhante ao que existe na Alemanha.

"O sistema alemão apresenta bons resultados como todos sabemos. Nós temos um sistema dual mais modesto, numa escala diferente e uma forma de desenvolver o nosso sistema de ensino é introduzirmos um sistema semelhante ao que existe na Alemanha", disse o ministro da Educação, durante uma visita com a sua homologa alemã a uma escola em Berlim, que tem este sistema dual em funcionamento.

Contudo, confrontado com a hipótese de Portugal introduzir um sistema de ensino profissional igual ao alemão, Nuno Crato afirmou que Portugal não vai "importar este sistema".

"Nós estamos aprender com este sistema e estamos a estudar o que pode ser adaptado", disse.

O ministro da Educação explicou ainda que é necessário que em Portugal a indústria se envolva mais no ensino.

"Temos de ter mais envolvimento da indústria, a própria indústria tem de se envolver e descobrir os benefícios de cooperar neste sistema e ter estes jovens a trabalhar nas suas empresas com vista ao seu próprio desenvolvimento futuro e isto é uma coisa em que a experiência alemã nos pode ajudar", afirmou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG