Crato promete que não haverá mais experimentalismo

O ministro da Educação terminou a sua audição na comissão parlamentar de Educação dizendo que na preparação do próximo ano letivo "não vamos fazer experimentalismos".

Sem experiências, como foi a aplicação pela primeira vez este ano da Bolsa de Contratação de Escolas (BCE), Nuno Crato prometeu ainda que o próximo ano letivo vai ser preparado "mais atempadamente".

No rescaldo dos erros nas colocações da BCE, o ministro admitiu ainda que se estão a "repensar aspetos da administração escolar" e que está a ser reforçado o diálogo com os diretores.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG