"Costa para a rua!". Direita promove manifestação em março

O auto designado movimento "Por Portugal", coordenado por um dirigente local do CDS, quer mostrar a sua "força" popular

Já fizeram uma demonstração de força - embora um pouco reduzida - quando, em novembro passado, a maioria de esquerda fez cair o governo PSD/CDS. A direita da "sociedade civil" conseguiu mobilizar umas centenas de pessoas, para a frente da assembleia da república, contra a moção de rejeição a Passos Coelho. Querem repetir e até aumentar o feito no próximo dia 4 de março.

Um dos organizadores da primeira concentração, Mário Gonçalves, presidente da comissão política do CDS de Monforte, assume que a "indignação" que dominava os sentimentos dos que se manifestaram nessa altura, se "mantém e até reforçou". A palavra de ordem será a "demissão de António Costa", contra os "usurpadores do poder que não têm legitimidade para governar".

A convocatória está a ser feita como em novembro, através do Facebook. "Nós não votámos PS - PCP - BE!!! Só vamos parar quando estes partidos de esquerda abandonem o lugar que não lhes pertence!!!! Não vamos permitir que António Costa e Companhia, nos continuem a gozar!!!! Partilhem e vamos mostrar a nossa força!!!!" Segundo Mário Gonçalves, para o 'pessoal de direita', com bandeira de Portugal em punho e com gritos de revolta", esta manifestação tem três objetivos: "primeiro pedir a demissão do atual (des)governo, segundo pedir novas eleições, terceiro contra o orçamento de estado".

Quando às expectativas de mobilização, tendo em conta a experiência anterior, Mário Gonçalves responde: "Pudemos não ser cem mil, pudemos não ser cinquenta mil, pudemos ser apenas cinco ou apenas um, mas jamais nos vão calar, só vamos parar quando este (des)governo sair do poder que não lhes compete".

Na manifestação de novembro estiveram presentes alguns deputados do PSD e do CDS, bem como outras figuras ligadas a ambos os partidos. Esta realizou-se quase à mesma hora que uma concentração da CGTP, em defesa da queda do governo.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG