Conselheiros querem uma "contínua e aprofundada" reflexão sobre a Europa

Reunião começou às 16:20 e terminou já depois das 21:00, sendo emitido um breve comunicado

Ao fim de quase cinco horas de reunião, o Conselho de Estado emitiu um breve comunicado onde esclareceu que o encontro foi para analisar "a situação económica e política europeia e a sua incidência em Portugal".

No comunicado telegráfico distribuído no final do encontro, os conselheiros sublinharam "a premência de uma contínua reflexão aprofundada sobre os desafios colocados à União Europeia, em termos económicos, financeiros, sociais e políticos, e que deve, também, merecer o acompanhamento pelo Conselho".

Na reunião estiveram presente todos os conselheiros de Estado, exceto o ex-presidente Mário Soares, por motivos de saúde, e o antigo primeiro-ministro António Guterres, que comunicou previamente que não poderia estar presente.

Como o DN escreveu hoje, os efeitos do Brexit no nosso país e conjuntura internacional foram os temas em debate no Conselho de Estado, onde não foi esquecido o problema de eventuais sanções a Portugal.

Exclusivos

Premium

Ferreira Fernandes

A angústia de um espanhol no momento do referendo

Fernando Rosales, vou começar a inventá-lo, nasceu em Saucelle, numa margem do rio Douro. Se fosse na outra, seria português. Assim, é espanhol. Prossigo a invenção, verdadeira: era garoto, os seus pais levaram-no de férias a Barcelona. Foram ver um parque. Logo ficou com um daqueles nomes que se transformam no trenó Rosebud das nossas vidas: Parque Güell. Na verdade, saberia só mais tarde, era Barcelona, toda ela.