CGTP espera milhares em buzinão na Ponte 25 de Abril

A CGTP-In espera milhares de pessoas para a concentração de sábado, em Alcântara, afirmando que os veículos que atravessarem a Ponte 25 de Abril farão um protesto sonoro em cima do tabuleiro.

"Está prevista a chegada de um número significativo de autocarros e de pessoas que não deixarão de se manifestar, de forma vibrante e entusiástica", disse hoje à agência Lusa o secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, acrescentando que serão, simultaneamente, exibidas bandeiras

A CGTP-In cancelou hoje a marcha marcada para sábado na Ponte 25 de Abril, em Lisboa, e marcou em alternativa uma concentração em Alcântara, informou hoje a central sindical.

Apesar de a marcha ter sido cancelada, os autocarros que transportam pessoas das regiões sul e centro do país, segundo disse fonte sindical à Lusa, vão atravessar a Ponte 25 de Abril em direção a Alcântara e juntam-se aos manifestantes de Lisboa na jornada nacional de luta que a CGTP marcou para a capital e Porto.

Exclusivos

Premium

Alentejo

Clínicos gerais mantêm a urgência de pediatria aberta. "É como ir ao mecânico ali à igreja"

No hospital de Santiago do Cacém só há um pediatra no quadro e em idade de reforma. As urgências são asseguradas por este, um tarefeiro, clínicos gerais e médicos sem especialidade. Quando não estão, os doentes têm de fazer cem quilómetros para se dirigirem a outra unidade de saúde. O Alentejo é a região do país com menos pediatras, 38, segundo dados do ministério da Saúde, que desde o início do ano já gastou mais de 800 mil euros em tarefeiros para a pediatria.