Requalificação da envolvente das Termas de Alcafache

A Câmara Municipal de Viseu está a requalificar ambientalmente o espaço público das margens do Rio Dão na zona das Termas de Alcafache, uma obra orçada em 700 mil euros.

Os trabalhos, hoje iniciados, vão prolongar-se durante um ano e, segundo o presidente da Câmara de Viseu, Fernando Ruas, vão deixar "as margens com lugares aprazíveis e com equipamentos".

No final de uma reunião com os presidentes das Juntas de Freguesia do concelho, Fernando Ruas lembrou que os empresários das Termas de Alcafache "sempre fizeram questão de duas coisas: uma acessibilidade correta e a requalificação" do espaço envolvente.

"A acessibilidade, tivemos a oportunidade de a inaugurar há dois ou três anos. A requalificação, veio agora a possibilidade de a fazer, por via dos fundos comunitários", frisou.

No seu entender, o que "era investimento público para deixar respirar a atividade privada está conseguido". Segundo Fernando Ruas, existe agora a confiança de que "a atividade privada faça aquilo que lhe compete para ter cada vez mais utentes nas termas".

Segundo a empresa responsável pela empreitada, a requalificação vai abranger uma área total de 15 145 metros quadrados. A empreitada integra a requalificação paisagística das margens do Rio Dão, iluminação pública, construção de parque de lazer e merendas, percursos pedestres, arruamentos e passeios, entre outras obras.

Na zona fluvial vai ser feito o melhoramento dos açudes e o aumento do espelho de água, vão ser criadas infraestruturas de apoio à prática balnear, espaços de estar e lazer, parques de merendas e percursos pedonais. Vai haver também um parque infantil, iluminação pública, sinalética e mobiliário urbano.

O projeto prevê a repavimentação da quase totalidade do espaço público, o aumento do estacionamento e a implementação de novas redes de infraestruturas, como iluminação pública, águas pluviais e ecopontos. Vai ser ainda reabilitado um percurso pedestre já existente através da pavimentação, em betuminoso posteriormente pintado, e as margens do rio vão ser limpas e desmatadas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG