Reguengo do Alviela isolado, estradas cortadas

A povoação de Reguengo do Alviela (Santarém) está isolada devido à subida das águas na bacia do Tejo e a estrada da Ribeira de Santarém e entre a Azinhaga e Golegã estão condiconadas, de acordo com a GNR.

De acordo com a mesma fonte, encontram-se algumas estradas no distrito de Santarém condicionadas, entre as quais a entre a Azinhaga e a Golegã, devido à chuva intensa e consequente subida das águas da bacia do Tejo.

A subida das águas tem origem no aumento da intensidade das descargas das barragens portuguesas e espanholas, que estão a atingir os níveis máximos de capacidade devido à chuva que tem caído nos últimos dias.

"A conjugação das descargas portuguesas e espanholas deve fazer-se sentir a meio da madrugada, cerca das 04:00, e o nível das águas deve subir mais um metro do que está atualmente", referiu fonte do CDOS contactada pela Lusa a meio da tarde de segunda-feira

A fonte adiantou que as populações e os serviços de proteção civil "estão tranquilos e preparados" para os efeitos desta subida.

As previsões meteorológicas apontam novamente para a ocorrência de precipitação no distrito de Santarém e, tendo em conta a pluviosidade que se faz sentir em Espanha, para as próximas 24 horas "é expectável um agravamento dos caudais dos afluentes".

O Plano Especial de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo está em alerta Amarelo desde a madrugada de segunda-feira, podendo, se a situação se agravar, passar para o nível Laranja.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG