Presumível homicida do irmão preso preventivamente

O homem suspeito de ter morto o irmão e ferido a cunhada, na segunda-feira, em Vila Chã de Ourique, Cartaxo, ficou hoje detido preventivamente.

 A medida de coacção foi aplicada pelo juiz de instrução criminal do tribunal de Santarém, que ouviu o indivíduo, de 60 anos, na terça-feira à tarde e hoje.

O homem alvejou, a tiro de caçadeira, o irmão, de 50 anos, que morreu no local, e a cunhada, de 48 anos, tendo esta sido internada num hospital de Lisboa devido aos ferimentos que sofreu.

O presumível homicida entregou-se no posto da GNR do Cartaxo pouco depois de ter feito os disparos, tendo sido entregue à Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo da Polícia Judiciária (PJ), onde fica agora preso preventivamente, aguardando o julgamento. Em comunicado, a PJ afirma que o indivíduo está indiciado pela prática de dois crimes de homicídio, sendo um consumado e outro na forma tentada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG