Níveis elevados de alumínio levam ao corte de água

A Câmara Municipal de Abrantes alertou hoje a população da freguesia de Alvega para se abster de consumir ou cozinhar com água da rede pública depois de análises terem detetado níveis elevados de alumínio na água.

A alternativa passa pelos bombeiros municipais de Abrantes, que estão a abastecer as cerca de duas mil pessoas residentes da freguesia com recurso a um autotanque com capacidade para 15 mil litros de água, no período entre as 7.30 e as 19.00.

Em declarações à agência Lusa, a presidente da autarquia disse que os níveis detetados são prejudiciais para a saúde pública tendo alertado que a população daquela freguesia deve abster-se de utilizar a água de rede pública, para beber ou até mesmo para cozinhar, até que os níveis de alumínio registados estabilizem e regressem aos valores normais.

"O tipo de captação, de pequena profundidade, aliada às variações bruscas de temperatura ocorridas nos últimos dias, deixam em suspensão este componente que é prejudicial à saúde", disse Maria do Céu Albuquerque ao salientar que os resultados obtidos através das análises efetuadas não aconselham ao consumo público da mesma.

A mesma responsável disse que a autarquia vai investir numa fonte segura de abastecimento, através da "construção de uma conduta" que já estava prevista no plano de investimentos da autarquia e que vai providenciar o transporte de água da freguesia de Mouriscas, cuja captação é feita a partir da barragem de Castelo do Bode, para Alvega.

A intervenção deverá estar concluída dentro de um mês, sem prejuízo do acesso à rede pública de água poder decorrer a partir do momento que os níveis de alumínio estabilizem.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG