Bispo emérito de Lamego cai e sofre ferimentos ligeiros

O bispo emérito de Lamego sofreu ferimentos ligeiros após uma queda no recinto do Santuário de Fátima, tendo sido suturado com 10 pontos devido a um golpe no sobrolho, disse hoje à Lusa fonte do posto de socorros.

"Está bem, consciente, bem disposto e já recolheu aos seus aposentos", numa das casa de retiro do Santuário de Fátima, informou a mesma fonte, adiantando que Jacinto Botelho voltará a ser observado hoje, por precaução.

O incidente aconteceu no domingo à noite, nas escadarias de acesso ao altar, quando participava na Procissão de Entrada que precede a eucaristia, tendo sido transportado de maca e assistido no posto de socorros do santuário.

Jacinto Tomás de Carvalho Botelho, de 77 anos, natural de Moimenta da Beira, foi nomeado bispo auxiliar de Braga em 1995 e bispo de Lamego a 20 de janeiro de 2000.

Com a resignação ao governo da diocese com a nomeação do seu sucessor, em 2011, passou à condição de bispo emérito de Lamego.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.