Homem "sugado" quando limpava tanques em piscicultura

Um homem que procedia à limpeza dos tanques na piscicultura Aquinova, situada na Praia de Mira, foi hoje "sugado" para dentro de uma conduta e morreu, disse fonte dos bombeiros.

A vítima, com 30 anos e de nacionalidade espanhola, "estava a fazer a limpeza de um tanque e foi sugado para dentro de um tubo", disse João Almeida, comandante dos bombeiros voluntários de Mira.

De acordo com a fonte, que disse desconhecer as causas do acidente, o homem estava a trabalhar dentro de água num tanque exterior da piscicultura Aquinova, pertencente ao grupo Pescanova, situada na freguesia da praia de Mira, junto à orla costeira.

O alerta foi dado pelas 11.40 e o corpo da vítima retirado da conduta, cerca de uma hora mais tarde, por mergulhadores dos bombeiros municipais da Figueira da Foz.

No local estiveram meios das corporações de voluntários de Mira e Municipais da Figueira da Foz tendo ainda sido destacada uma equipa de mergulhadores dos bombeiros de Vagos, que não chegou a intervir.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG