Escolas desativadas viram pousadas na Lourinhã

A Câmara da Lourinhã anunciou o lançamento de um concurso público destinado a arrendar a privados quatro escolas desativadas que, após obras de reabilitação, vão ser transformadas em alojamentos para turistas.

A autarquia informou que vai arrendar as antigas escolas da Abelheira, Papagovas, Toledo e Toxofal por um período de dez anos.

Como esses espaços se encontram devolutos, os interessados poderão efetuar obras, que não descaracterizem a fachada dos edifícios, para adaptá-los a unidades de alojamento, refere o edital do concurso.

Com a medida, o município pretende "reforçar a oferta de camas para fins turísticos", em regime de pequenas pousadas, tendo em conta a procura de alojamento para turismo da natureza e a baixos custos.

O Plano Estratégico da Lourinhã, que traça as prioridades do concelho até 2020, apontou a necessidade de abrir estabelecimentos hoteleiros no concelho para aumentar a capacidade de alojamento e atrair turismo.

Os concorrentes deverão apresentar uma proposta de renda mensal.

Segundo o município, serão privilegiados os projetos direcionados a turistas que pretendam desfrutar dos recursos naturais e que estejam associados a outras atividades que atraiam visitantes ao concelho.

Vão ter maior peso na decisão projetos com investimento superior a 100 mil euros e propostas de renda entre os 500 e os 700 euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG