Assalto a multibanco destrói Junta de Freguesia

A Caixa de Multibanco instalada na sede da Junta de Freguesia de Santana do Mato, em Coruche, foi alvo de assalto com recurso a explosão hoje de madrugada.

A explosão ocorreu cerca das 3:35 e provocou um incêndio nas instalações e na caixa de Multibanco, contou a mesma fonte.

As grades das janelas estão destruídas e foram projetadas para o chão, nas paredes estalou o cimento e são visíveis as marcas de fumo negro junto ao telhado.

Na envolvente do edifício da junta, cujo acesso foi interditado pela GNR, concentram-se esta manhã dezenas de habitantes que vão comentando o sucedido.

No local estão inspetores da Polícia Judiciária a recolher indícios de provas, tendo retirado a botija de gás que provocou a explosão.

O presidente da junta de freguesia está no local a prestar declarações às autoridades e a avaliar os estragos.

A Guarda Nacional Republicana foi chamada ao local pela população "tendo os autores do crime se colocado em fuga", disse. O caso está agora a ser investigado pela Policia Judiciária.

Segundo o presidente da caixa de crédito agrícola de Coruche, Diamantino Diogo, à qual pertence o multibanco, este é o quinto assalto à caixa. "Só no primeiro assalto é que levaram dinheiro, cerca de 14 mil 750 euros. Nos restantes nunca levaram nada devido ao sistema de segurança com tintagem que o dispensador de dinheiro possui", explicou Diamantino Diogo.

Exclusivos