Carta rogatória para ouvir Duarte Lima está no tribunal

Foi distribuída esta segunda-feira à 6.ª Vara Criminal de Lisboa, a carta rogatória das autoridades judiciais brasileiras para a inquirição a Duarte Lima no processo de homicídio de Rosalina Ribeiro.

José Góis, coordenador do Ministério Público nas varas criminais de Lisboa, referiu hoje à Lusa que "dentro de dias deverá ser proferido o despacho do juiz titular a designar dia para a inquirição do arguido".

A Procuradoria Geral da República, admite que o pedido foi feito "atendendo à fase em que se encontra o processo brasileiro, posterior à dedudação de acusação pela prática de crime de homicídio", em finais de outubro de 2011".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG