Carlos Barbosa reeleito presidente do ACP

Carlos Barbosa, reeleito presidente do Automóvel Club de Portugal, quer angariar mais 50 mil sócios nos próximos quatro anos para atingir os 300 mil, objectivo que diz compatível com o contexto de crise.

"É nas alturas de crise que o ACP é tido como um porto seguro, até porque com os descontos que tem, os sócios poupam dinheiro", declarou à agência Lusa Carlos Barbosa. Para o mandato de quatro anos, o presidente do ACP quer passar dos atuais 250 mil para os 300 mil associados. Nos últimos quatro anos, entraram para o clube 113 mil sócios.

Carlos Barbosa afirmou ainda que pretende continuar a defender os direitos dos automobilistas e a mobilidade. "A mobilidade nas cidades portuguesas é um desastre completo, devido à má sinalização e à não atuação das câmaras. A mobilidade é um problema gravíssimo no nosso país", declarou.

Para o presidente do ACP, o desafio actual é criar uma "coabitação pacífica" entre o automóvel particular e o transporte público, fomentando a mobilidade sustentável. O responsável alertou ainda para a necessidade de o Governo "resolver o problema do abuso do aumento do preço dos combustíveis", intervindo e regulando este mercado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG