Caracas e Funchal vão formalizar cooperação ambiental

O Município Bolivariano de Libertador e a cidade do Funchal estão a ultimar os preparativos para "formalizar" a cooperação em matéria ambiental, disse hoje em Caracas o presidente da Câmara funchalense, Miguel Albuquerque.

"Na área ambiental temos de dar uma contribuição muito boa, temos um know-how (conhecimento) muito importante nesta área. Temos técnicos altamente qualificados, nem sequer é muito uma questão de dinheiro: é de colhermos algumas das experiências de grande sucesso que nós tivemos na área da educação ambiental, de seleção de resíduos e trabalhá-las", disse.

Miguel Albuquerque falava à Agência Lusa, em Caracas, no âmbito de uma visita de cinco dias à Venezuela, durante a qual prevê ainda deslocar-se ao Estado de Falcón (aproximadamente 600 quilómetros a leste de Caracas) para afinar uma eventual cooperação com as autoridades locais em matéria de turismo.

"Todo o trabalho que é feito em bairros sociais, escolas, vocacionar isto tudo para a educação ambiental, seleção e separação de resíduos, tem repercussões imediatas a nível dos custos e da limpeza da cidade", explicou, sublinhando que a ideia é avançar "o mais rápido possível".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG