Câmaras poupam na luz e na recolha do lixo

Dificuldades financeiras levam autarquias a cortes. Ruas menos iluminadas, recolha de lixo reduzida e diminuição de apoios já se notam.

As câmaras municipais estão a efectuar cortes significativos na despesa, com os serviços prestados à população a ressentirem-se. A iluminação pública é cada vez mais limitada, devido à subida do preço da electricidade, e a recolha de lixo está a ser realizada com menor frequência para evitar o pagamento de horas extraordinárias aos funcionários. A contenção deve agudizar-se, com a manutenção dos espaços verdes e vias públicas a ser reduzida, tal como o apoio às associações locais

Leia mais no e-paper do DN.

Exclusivos