Cadeias portuguesas têm novos diretores

Isabel Maria Pereira Duarte Paulo é a nova diretora do Estabelecimento Prisional instalado junto da PJ de Lisboa, de acordo com um despacho da ministra da Justiça publicado, esta terça-feira, em Diário da Républica e que designa os diretores das cadeias portuguesas por um período de três anos.

Uma fonte ligada à Direção-Geral da Reinserção e dos Serviços Prisionais (DGRSP), contactada pela agência Lusa, identificou várias mudanças na estrutura diretiva das prisões, indicando, por exemplo, que o Estabelecimento Prisional (EP) de Pinheiro da Cruz, na costa alentejana e perto de Grândola, passa a dispor de uma nova diretora: Maria da Ressureição Aragonez Ceia Moura.

Ana Maria Simões Cabral ficará à frente do Hospital Prisional São João de Deus, Isabel Maria Vicente Flores do EP de Linhó, José António Lemos da Silva do Estabelecimento Prisional de Leiria para jovens, João Paulo dos Santos Gouveia do EP de Vale de Judeus e Maria da Conceição Duarte Fernandes Gralha do EP de Lisboa são outras das alterações na estrutura dirigente das cadeias, em Portugal, referidas pela mesma fonte.

E ainda a estes nomes acrescentam-se os seguintes: Ana Paula Felicíssimo Ramos dirigirá o EP de Setúbal, Maria Teresa Moreira de Melon o EP de Sintra, José Luís Messias Pereira o EP de Beja, Joana Isabel Pina Patuleia Figueiras o EP de Caldas da Rainha, José Ribeiro Pereira o EP de Évora, Ricardo Bruno Guerra Torrão o EP de Olhão e, por último, Luís António Vaz do Couto que acumula a EP da Guarda e o EP da Covilhã.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG