Cadáver encontrado na mala de um carro

PJ está a investigar o caso. Homicídio terá sido cometido em Lisboa

Polícia Judiciária (PJ) está a investigar a morte de um homem encontrado em Valongo na bagageira de um automóvel, depois de a PSP ter detido o condutor da viatura por furto, disse à Lusa fonte policial.

De acordo com fonte da PSP, o cadáver, de um homem de cerca de 60 anos, apresentava "sinais de esfaqueamento" e foi encontrado pelas 09:40 por aquela força policial na bagageira do carro conduzido pelo detido, de 34 anos.

No interior da mala foi encontrado um cadáver

A mesma fonte indicou que tanto o morto como o detido são de Lisboa e que o homicídio não terá acontecido no momento nem no local onde o corpo foi encontrado, no concelho de Valongo, distrito do Porto.

O detido, de 34 anos, foi intercetado pela PSP na sequência de um furto

"Havia indicações de que, antes, já teria feito outro furto noutra loja. Quando a polícia se deslocou ao carro para ver se encontrava a mercadoria furtada, sentiu o mau cheiro", descreveu a fonte da PSP.

De acordo com a PSP, a PJ está a investigar o caso.

Fonte dos Bombeiros de Valongo disse à Lusa que a corporação foi chamada a um hipermercado da freguesia de Campo devido a "uma agressão", tendo acabado por se deparar com um "cadáver na mala de um carro" ali estacionado.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG