Burlona prometia empregos em vários países

A mulher de 44 anos está relacionada em mais de 50 crimes denunciados sobre burlas com promessas de empregos

A PSP da Amadora deteve em flagrante delito uma mulher de 44 anos, por suspeita de prática do crime de burla. Segundo comunicou a PSP, a suspeita, aproveitando-se da situação de crise económica no país, aliciava as vítimas com ofertas de emprego, com condições de trabalho aliciantes e facilidades de tratamento dos visto de emprego por um período de 18 meses para países como Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau e Emirados Árabes Unidos.

As vítimas entregavam quantias avultadas à alegada burlona para que esta se encarregasse de todas as questões burocráticas, sob a promessa das verbas serem devolvidas quando os trabalhadores já estivessem nos países de destino.

Uma das vítimas denunciou a mulher. A polícia abordou a suspeita, intercetou-a em flagrante delito e verificou que ela se deslocava num carro furtado.

Segundo a PSP, a detida está relacionada em mais de 50 crimes denunciados sobre burlas com promessa de empregos em países da África e Ásia. A polícia suspeita que o lucro da mulher tenha ascendido a milhares de euros.

A PSP aconselha as vítimas deste esquema a apresentarem queixa crime.

A detida, já referenciada por este crime, está a ser presente no tribunal da Amadora, para ser ouvida em primeiro interrogatório judicial.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG